quinta-feira, 4 de abril de 2013

Caráter versos talento



Caráter versos talento




                                  “E PARECEU bem a Dario constituir sobre o reino cento e vinte príncipes, que estivessem sobre todo o reino; E sobre eles três presidentes, dos quais Daniel era um, aos quais estes príncipes dessem conta, para que o rei não sofresse dano. Então o mesmo Daniel sobrepujou a estes presidentes e príncipes; porque nele havia um espírito excelente; e o rei pensava constituí-lo sobre todo o reino.  Então os presidentes e os príncipes procuravam achar ocasião contra Daniel a respeito do reino; mas não podiam achar ocasião ou culpa alguma; porque ele era fiel, e não se achava nele nenhum erro nem culpa”(Dn 6.1-4)

Em nossos cultos de ensino na Igreja Batista Livre Renovada do Brasil nas segundas e quartas feiras temos utilizado o material didático, cuja é uma revista comentada pelo Pr. Josué Gonçalves “Colunas do Caráter Cristão”. A lição de numero um cujo tema é “Falando acerca do Caráter Cristão”, muito me chamou á atenção quando no tópico dois retrata do seguinte assunto caráter versos talento. Talento no contexto do estudo aplicado trata-se de dons delegado por Deus á alguém, caráter trata-se da construção moral, da base que cada ser humano constrói para o seu próprio sucesso ou fracasso. Talento seria á capacitação de Deus dada ao homem para uso no seu reino, porém muitos têm utilizado seus dons e talentos para coisa fúteis, até mesmo para sua própria gloria. O caráter não é concedido por Deus ao homem, mas o homem constrói o seu próprio caráter  seja ele mal ou bom. Também não é o diabo quem constrói um caráter mau no homem ele apenas usa os homens de mau caráter para fazer sua vontade. O caráter é como se fosse à base de sustentação de nossa existência, nossos comportamentos, ações, motivações, atitudes e  pensamentos etc. É valido lembrar que tudo que fazemos reflete o nosso caráter.
A razão de muitos Cristãos hoje não conseguir manter-se firme diante das propostas do inimigo é porque á base não foi aprofundada, o caráter não foi bem trabalhado, preocupam de mais com os talentos. Não que temos que desvaloriza-los, porém devemos preocupar-nos em que base iremos coloca-los.
É necessário que cada um de nós venhamos refletir sobre a nosso conduta  e comportamento diante dos homens e da Igreja. É valido lembrar que os nossos talentos dependerá muitos de nosso caráter, e que tudo que fizermos indicará qual é a profundidade de nosso caráter.
           Talento vem de Deus para nós, caráter manifesta quem somos para Deus.